Tudo é utopia até que nós decidamos o contrário.
27
Out 07
A culpa é do/a Pinto, às 12:24link do post | Protesta

 

Um tribunal beduíno condenou um homem a pagar 46 camelos, na comutação de uma pena que previa também que lhe seja cortada a língua, por ter lançado um piropo a uma mulher de uma outra tribo. 

O caso, relatado pelo diário egípcio Ajbar al Yom ", passou-se no sul da península do Sinai, onde vigoram leis especiais impostas pelos próprios beduínos.

O acusado lançou piropos a uma mulher, que na altura cuidava do gado, ao passar de carro, pelo que deverá pagar quarenta  e seis camelos ou o equivalente ao seu valor, calculado em 80.000 libras egípcias (mais de 10.000 euros).

A sentença original previa ainda que se cortasse a língua ao infortunado galã, mas após três horas de árduas negociações entre o tribunal, os advogados e as famílias, foi decidido comutar a pena no pagamento de mais seis camelos. 

Um dos advogados da mulher assinalou como agravante que não tinha havido nenhum prévio pedido de namoro.

De acordo com as leis beduínas, o homem deve comunicar o seu interesse por uma mulher a um emissário, que transmite a mensagem à visada e fica à espera que dê o seu consentimento.


Quando me mandarem um piropo vou por em tribunal tambem, pode ser que ganhe algo, nem que seja um presunto*
lol
beijO*
SaNdRiT@ a 27 de Outubro de 2007 às 14:55

Os "Manda-Bocas"
Os Mais Debatidos
47 Reclamações
29 Reclamações
27 Reclamações
27 Reclamações
24 Reclamações
19 Reclamações
13 Reclamações