Tudo é utopia até que nós decidamos o contrário.
17
Nov 07
A culpa é do/a Pinto, às 13:41link do post | Protesta

Deve estar tudo a dizer: "O moço está louco, ainda falta mais de um mês e ele já está a escrever um post sobre o natal...". Ora, estou a escrever este post porque o Natal é a altura do consumismo e das pessoas por um dia se preocuparem com as outras... Quem me dera que fosse sempre Natal... Bem, vou falar-vos de uma cena que aconteceu comigo o ano passado no Natal:

 

Uma semana antes do Natal perguntei a uma prima minha de 3 anos o que é que ela queria que o Pai Natal lhe trouxesse, e ela respondeu-me "chiclas" e eu fiquei estupefacto como ela queria uma coisa tão simples...

 

Peço-vos agora que respondam à mesma pergunta que eu fiz à minha prima e pensem na primeira coisa que vos venha à cabeça...

 

Agora imaginem que eu fiz essa mesma pergunta a uma criança que já nao come a alguns dias, que a mae morreu devido a uma doença que julga-se que ainda nao tem cura(SIDA)... E não pensem que isto se passa só em Africa, esta criança pode estar a viver do outro lado da rua...

 

Eu sei que poderão estar a pensar: "Mais um jovem com a mania que pode mudar o mundo..." aliás como disse a professora de Geografia "Quando se é jovem pensa-se que se pode mudar o mundo...", como jovem não sou  excepção, mas aquilo que eu queria é que daqui a uns anos tenha esta mesma vontade...

 

Eu costumo dizer que sou comunista, mas o meu verdadeiro partido é a Humanidade!

Aqui fica o vídeo da musica que mudou a minha maneira de pensar, musica original de John Lennon, interpretada por Avril Lavigne: "Imagine"

 


Estou extremamente sensibilizada com este post, e com o facto de os jovens serem tambem sensiveis com o mundo, embora eu tambem seja uma adolescente, mas às vezes ponho.me a pensar pela atitude das outras pessoas se serei eu a unica a sentir que devo ajudar o mundo e a tentar dar amor a todas as crianças e a tudo o que se move. se calhar algumas pessoas com quem me dou, nao sao suficientemente crescidas ou suficientemente adolescentes para fazerem um post tau lindo como este*
Agora as palavras nao me ocorrem, mas se pudesse transmitir.te todos os pensamentos tenhu a certeza que nao ficaria ninguem indiferente.
de qualquer maneira devo dizer que uma das primeiras coisas que eu pensei foi: Eu que eu queria mesmo, era um natal sem armas... sem doenças, sem solidao, sem trabslho, um natal para o rico e para os pobres, para as pessoas boas, e para as pessoas menos boas... Porq o natal é para todos, o natal é a epoca que eu mais amo, mas a epoca que eu mais odeio. Amo porque fico feliz por muita gente q vive em dificuldades tem momentos felizes e confortaveis com a ajuda das pessoas e odeio porque nao tenho natal*
Gostava de passar o natal numa cabana grande com todos os meus amigos... Todos... os verdadeiros... isso sim era um natal verdadeiro... porque há pessoas que sao da familia mas nao pertencem ao coraçao, agora Tu Zé, podes noa ser da familia mas estas no meu coraçao*
SaNdRiT@ a 18 de Novembro de 2007 às 21:12

Os "Manda-Bocas"
Os Mais Debatidos
47 Reclamações
29 Reclamações
27 Reclamações
27 Reclamações
24 Reclamações
19 Reclamações
13 Reclamações