Tudo é utopia até que nós decidamos o contrário.
26
Jan 09
A culpa é do/a Pinto, às 23:02link do post | Protesta

(Já temos a primeira colaboração no blog, este trabalho é do Zargat, espero que apreciem a sua obra e que comentem!)

 

Reflexões da vida!

 

Queria desde já agradecer esta oportunidade para poder expressar as minhas opiniões sem censura, algo que acho que esta faltar neste mundo. Vim cá falar de algo importantíssimo: LIBERDADE.

Só definir liberdade parece complexo, afinal falamos de algo abstracto; por isso vou guiar-me por alguém mais competente que eu, um conterrâneo meu, Miguel Torga, que diz:  

            

— Liberdade, que estais no céu...
Rezava o padre-nosso que sabia,
A pedir-te, humildemente,
O pio de cada dia.
Mas a tua bondade omnipotente
Nem me ouvia.

— Liberdade, que estais na terra...
E a minha voz crescia
De emoção.
Mas um silêncio triste sepultava
A fé que ressumava
Da oração.

Até que um dia, corajosamente,
Olhei noutro sentido, e pude, deslumbrado,
Saborear, enfim,
O pão da minha fome.
— Liberdade, que estais em mim,
Santificado seja o vosso nome.   

Miguel Torga, in 'Diário XII'
 

 

Miguel Torga no seu jeito crítico e controverso, segundo o meu entender, diz-nos para lutar pela liberdade, e é isso mesmo que temos de fazer lutar pelos nossos sonhos, pelas pessoas que são importantes para nós, só quando sentirmos que já fizemos tudo que sonhamos seremos livres. Por isso, o meu conselho, é para que não fiquem presos às teias da opressão que às vezes é o poder (muitas vezes), outras a religião, os pais os professores e a grande barreira: NÓS MESMOS!!! Sim tu, tu que te conformas tu que não lutas, tu que tens vergonha, tu que tens medo, sê como o herói dos Lusíadas e levanta-te.

No fim, só quero que depois de lerem esta minha reflexão, ganhem coragem para lutarem para os vossos sonhos. Não te esqueças o futuro é agora, ou queres ficar para sempre preso nas teias da opressão?

 

Assinado:

Zargat

                                  

P.S. Se houverem erros ortográficos fazem parte da minha liberdade.

 


Antes de mais é de louvar a prontidão deste nosso camarada em prestar um serviço ao Demon Brothers, em segundo lugar devo dizer que acho que não haveria melhor tema para abrir as hostelidades do que o tema LIBERDADE. Em terceiro lugar, gostei de ver referido um grande homem, um homem da nossa região, um homem que viveu nas nossas terras com a nossa gente... E gostava de sublinhar este aspecto porque muitas vezes temos a tendência de procurar idolos e referencias no estrangeiro quando em Portugal há muita qualidade!
Posto isto, o Demon Brothers congratula-se de ser um blog que apoia e dá a conhecer o que é nosso! Viva a Liberdade, viva Portugal!
Pinto a 26 de Janeiro de 2009 às 23:52

Zargat: a liberdade conquista-se com a mente.
e com os actos correctos que ao longo da vida conseguimos ter.
Liberdade é acreditar e vencer.
Pluma Dourada a 27 de Janeiro de 2009 às 13:40

(É só um apartezinho..

"P.S. Se houverem erros ortográficos fazem parte da minha liberdade."

Houverem? Aposto 30 cêntimos como essa palavra não existe :)

(e só 30 cênt., ele é capaz de perceber..)
Adriana a 3 de Fevereiro de 2009 às 19:14

Segundo o verificador ortográfico deste mesmo blog a palavra "Houverem" existe.

P.S. É de mim ou esta visitante do blog gosta de se meter muito com este interpretador de almas.
zargat a 3 de Fevereiro de 2009 às 22:18

Uiiiii mas isto esta mais uma vez animado por aqui...
Pinto a 3 de Fevereiro de 2009 às 22:58

Então lamento informar que o verificador de ortografia deste blog é um bocado estúpido, porque essa palavra não existe. É "houve" e é se queres oh "interpretador de almas".
Adriana a 7 de Fevereiro de 2009 às 23:11

Também gosto muito de ti.
zargat a 7 de Fevereiro de 2009 às 23:18

*Peso na consciência*
Adriana a 7 de Fevereiro de 2009 às 23:20

Os "Manda-Bocas"
Os Mais Debatidos
47 Reclamações
29 Reclamações
27 Reclamações
27 Reclamações
24 Reclamações
19 Reclamações
13 Reclamações