Tudo é utopia até que nós decidamos o contrário.
01
Mai 09
A culpa é do/a Pinto, às 15:49link do post | Protesta

(Recebemos aqui na redação de DB uma nova contribuição, desta vez sob a forma de poema.)

 

Um barco em alto mar

É apenas sombra triste ao luar

Assim como um homem no mundo

É apenas um triste vagabundo.

 

Uma estrela no céu

É apenas a pontinha do véu

Assim como mulher que não ama

É vela com pouca chama.

 

Um jardim na Terra

É apenas uma pausa na guerra

Assim como criança a chorar

É dor que tarda a passar.

 

Fogueira no frio

É apenas para acabar o arrepio

Assim como sexo sem paixão

É só para aquecer o colchão.

 

Mas o amor

Afasta a criança da dor

Transforma o vagabundo em doutor

E ilumina a vela em todo seu esplendor.

 

 

Luíz Carlos Amaral da Costa

(Luíz da Costa)

ou Luíz Carlos para os amigos


Grande Luiz da Costa, parabens a serio!! Ainda bem que há mais pessoas a ecrever poesia aqui para o DB, se fosse so eu tornar-se-ia monotono! Mais uma vez parabens e contia a escrever que eu ca publicarei os teus poemas, mas desta vez serão publicados no blog afilhado do DB, o "Letras de Liberdade" um blog só dedicado a poesia!
Pinto a 1 de Maio de 2009 às 16:07

Caro Luíz da Costa,

desde já os meus parabéns.
E todo este poema me fez lembrar que :

"Só se vê com o coração. O Essencial é invisível aos olhos"
Exupéry

Boa tarde


plumadourada a 1 de Maio de 2009 às 16:59

Os "Manda-Bocas"
Os Mais Debatidos
47 Reclamações
29 Reclamações
27 Reclamações
27 Reclamações
24 Reclamações
19 Reclamações
13 Reclamações